ÂPUBLI ANÁPOLIS
Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Sexta-feira. 27/05/2022
Facebook Twitter Instagram

SAÚDE

VACINAÇÃO

Mais de 80% dos internados não completaram o esquema vacinal contra a Covid-19

Especialistas da Fiocruz reforçam a necessidade de aumentar a cobertura vacinal na população, incluindo a dose de reforço para dar uma proteção mais efetiva contra a variante Ômicron

20/01/2022 às 19h30


POR Redação

facebook twitter whatsapp

O avanço da variante Ômicron tem provocado o aumento na taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva para Covid-19 na rede SUS do país. De acordo com levantamento da Fiocruz, dez estados brasileiros e o Distrito Federal estão na zona de alerta intermediário, com taxas de ocupação entre 60% e 80%.

Especialistas da Fiocruz reforçam a necessidade de aumentar a cobertura vacinal na população, incluindo a dose de reforço para dar uma proteção mais efetiva contra a variante Ômicron.

Ainda segundo o boletim da Fiocruz, houve um aumento importante do número de casos de Covid-19 nas últimas duas semanas. A média chegou a 49 mil por dia, uma diferença de seis vezes maior que o observado no início de dezembro de 2021. Em contrapartida, segundo a Fiocruz, não houve aumento significativo no número de mortes.

De acordo com os especialistas, a redução da gravidade dos casos de Covid-19 se deve à alta cobertura da vacinação. Já em países com baixa cobertura vacinal, como alguns da Europa Oriental e do Oriente Médio, a letalidade ainda é alta. O que demonstra que a variante Ômicron pode, em contextos de baixa cobertura vacinal, causar um aumento de quadros clínicos graves e levar à morte grande parte dos infectados.