PUBLI PREF GOIÂNIA CASA BRASIL16161
Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Quarta-feira. 01/12/2021
Facebook Twitter Instagram

SAÚDE

VACINAÇÃO

Covid-19: Crianças deverão ser vacinadas somente no ano que vem

Até o momento, o governo federal não divulgou uma previsão oficial para o início da vacinação em crianças

14/10/2021 às 17h00


POR Redação

facebook twitter whatsapp

Com 47% da população adulta totalmente vacinada contra a Covid-19 e muitos adolescentes parcialmente imunizados, além de idosos, profissionais de saúde e imunossuprimidos já recebendo a dose de reforço, a pergunta mais frequente seria quando será a vez das crianças?. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, já disse que o plano é imunizar as crianças em 2022.

“Mas dependemos da Anvisa”, afirmou em entrevista coletiva, referindo-se à autorização necessária da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

A agência reguladora rejeitou em agosto o pedido do Instituto Butantan para o uso da Coronavac em crianças de 3 a 17 anos, alegando falta de informações e documentações que comprovem a segurança e eficácia do imunizante para essa faixa etária.  Até o momento, o governo federal não divulgou uma previsão oficial para o início da vacinação em crianças.

Alguns países da América Latina já começaram a vacinar as crianças pequenas. O Chile, por exemplo, imuniza o público de 6 a 12 anos com a CoronaVac desde o começo de setembro. A Argentina também está vacinando as crianças de 3 a 11 anos com o imunizante chinês da Sinopharm, aprovado no país para essa faixa etária desde o dia 1 de outubro. Já a Argentina também está vacinando as crianças de 3 a 11 anos com o imunizante chinês da Sinopharm.