PUBLI PREFEITURA DE GOIÂNIA
Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Terça-feira. 17/09/2019
Facebook Twitter Instagram

POLÍTICA

PROJETO DE LEI

Projeto proíbe fumar cigarros e narguilés em espaços públicos, em Goiânia

O projeto de lei visa combater principalmente o tabagismo passivo, que é a exposição à fumaça exalada pelos fumantes durante a queima de produtos de tabaco

06/09/2019 às 17h00


POR Redação

facebook twitter whatsapp

Um projeto de lei que proíbe fumar cigarros e narguilés em espaços públicos foi apresentado nesta quinta-feira (5/9), na Câmara Municipal de Goiânia. 

Em locais como parques públicos, praças, pontos, terminais de ônibus e similares, deverão conter placas informando da proibição e cartazes com campanhas de conscientização sobre os malefícios de fumar.

A Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) ainda terá que criar áreas especiais para fumantes, longe de parques infantis, áreas esportivas e locais de alta aglomeração e circulação de pessoas.

O objetivo do projeto proíbe fumar cigarros e narguilés em espaços públicos, em Goiânia

O projeto de lei visa combater principalmente o tabagismo passivo, que é a exposição à fumaça exalada pelos fumantes durante a queima de produtos de tabaco. A exposição à fumaça gerada por ele está relacionado ao desenvolvimento de problemas de saúde, mesmo por quem não fuma, que seriam o caso do tabagismo passivo.

Estudos mostram que quem fuma por tabela têm duas vezes mais risco de desenvolver câncer de pulmão do que os fumantes ativos e 40% mais chance de um infarto.

O tabagismo é uma doença que tem relação com aproximadamente 50 doenças, sendo elas do aparelho respiratório, cardiovascular e vários tipos de câncer como no pulmão, laringe, faringe, esôfago, estômago, pâncreas, fígado, e outros.

A dependência da nicotina ainda pode causar impotência sexual, infertilidade, osteoporose, catarata, complicações na gravidez, entre outras. Além disso, fumantes tendem a envelhecer mais rapidamente, ficam com os dentes amarelados, cabelos opacos, pele enrugada e impregnada pelo odor do fumo.

Estima-se que, no Brasil, a cada ano, cerca de 157 mil pessoas morram precocemente devido às doenças causadas pelo tabagismo.

O projeto de lei foi apresentado pelo presidente da Câmara Municipal de Goiânia, GCM Romário Policarpo (Pros), e ainda deve passar por aprovação, onde poderá ser vetado ou não.