PUBLICIDADE PREFEITURA DE GOIÂNIA
Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Segunda-feira. 14/10/2019
Facebook Twitter Instagram

POLÍTICA

FERROVIA NORTE-SUL

Presidente da República acata pedido de Caiado e assina concessão da Norte-Sul em Anápolis

Evento será dia 31 de julho e marcará o aniversário de 112 anos da cidade. Primeiros detalhes sobre a visita presidencial foram acertados entre Caiado e ministro da Infraestrutura

11/07/2019 às 16h00


POR Redação

facebook twitter whatsapp

O presidente Jair Bolsonaro estará em Anápolis no dia 31 de julho para assinar a concessão da Ferrovia Norte-Sul. Os primeiros detalhes da nova agenda presidencial em terras goianas foram acertados na última quarta-feira, dia 10, durante uma audiência entre o governador Ronaldo Caiado e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, realizada em Brasília. O evento fará parte das atividades em celebração aos 112 anos da cidade.

“Vamos, no dia do aniversário da nossa querida Anápolis, receber o presidente e o ministro para assinar esse contrato e ver a ferrovia contemplando todo o desenvolvimento de Goiás”, confirmou Caiado, que é anapolino. O governador afirmou, na reunião com Tarcísio Gomes, que ver essa ferrovia em pleno funcionamento é algo que os goianos já não acreditavam mais, e que graças ao novo governo se tornará realidade e trará oportunidades de emprego.

Segundo o ministro de Infraestrutura, a concessão da Norte-Sul é a retomada do setor ferroviário no Brasil. “Vamos começar a ter operação ferroviária de verdade, de carga geral, de commodity. E nós vamos fazer, no dia do aniversário da cidade, a assinatura desse contrato com a presença do presidente Jair Bolsonaro. Então vai ser uma grande festa, um presente que Anápolis merece e Goiás merecem.”

O leilão do trecho da Norte/Sul que passa por Goiás ocorreu no dia 28 de março. Na ocasião, a Rumo S.A foi a concessionária vencedora, com a oferta de R$ 2,719 bilhões. O trecho possui 1.537 quilômetros, e vai de Estrela d’Oeste, em São Paulo, a Porto Nacional, no Tocantins. O prazo da concessão é de 30 anos e a empresa ganhadora terá de fazer R$ 2,8 bilhões em investimentos. A solenidade a ser realizada em Anápolis no final deste mês oficializará o início desse contrato.

O bom relacionamento entre Caiado e o governo federal vem colocando Goiás na rota do presidente. A ida a Anápolis, em 31 de julho, será a terceira vinda oficial de Bolsonaro ao Estado. A primeira ocorreu dia 31 de maio, quando foi recebido pelo governador no Palácio das Esmeraldas. Depois, participou do lançamento do programa Juntos Pelo Araguaia, em Aragarças, no dia 5 de junho. O projeto do governo estadual visa recuperar as bacias do rio, em parceria com o governo de Mato Grosso e governo federal.