PUBLI PREFEITURA DE GOIÂNIA
Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Terça-feira. 17/09/2019
Facebook Twitter Instagram

POLÍTICA

EDUCAÇÃO

Parceria entre o Governo de Goiás e o Instituto Unibanco determina novas metas para a Educação em 2019

Caiado entregou à secretária Fátima Gavioli o certificado de metas de aprendizagem que irão nortear o ensino em todo o Estado

22/05/2019 às 09h00


POR Redação

facebook twitter whatsapp

O governador Ronaldo Caiado e a secretária de Educação, Fátima Gavioli, apresentaram nesta terça-feira dia 21, as metas de aprendizagem do Ensino Médio em Goiás desenvolvidas em parceria com o Instituto Unibanco. Os principais objetivos são o combate à evasão escolar, a redução das desigualdades regionais no ambiente escolar e a elevação da média goiana no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica [Ideb], por meio do Circuito de Gestão, método proposto pelo Instituto.

“A nossa secretária fez questão de buscá-los [Instituto Unibanco] e hoje estamos assinando essa parceria. Queremos ampliá-la cada vez mais, desde que o resultado final seja a melhoria da educação dos nossos alunos, das nossas crianças e jovens”, declarou o governador.

Caiado destacou a experiência do Instituto Unibanco na efetivação de ações voltadas à Educação Básica em todo país. “O Instituto Unibanco já tem uma expertise enorme nessa área de gestão. Vocês têm uma experiência ímpar que vai alavancar nossas metas, seja no Ideb, seja no Ensino de Tempo Integral”, elogiou.  

De acordo com a secretária Fátima Gavioli, o Instituto Unibanco estipulou para cada coordenadoria uma meta específica e, no geral, para o Estado um objetivo único: elevar a nota do Ideb. Atualmente, Goiás já possui a maior nota no Ideb, com média de 4,28. Para 2019, foi pactuado entre o Governo do Estado e o Instituto Unibanco que os estudantes goianos alcancem a média de 4,43, mantendo a liderança do índice no País.

Criado em 2007, o Ideb é um indicador que reúne os resultados de dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da Educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações. São considerados nesse cálculo dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e as médias de desempenho, no caso dos estados, no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Pacto pela Educação

As metas estabelecidas pela parceria do Governo de Goiás e o Instituto Unibanco foram pactuadas considerando diversos índices importantes, como tamanho de cada regional, número de matrículas e tamanho de cada escola, sempre respeitando as diferentes realidades da comunidade escolar pelo Estado.

Para a implementação da nova proposta de gestão, a Secretaria de Educação (Seduc) dará início a uma série de cursos de formação com foco na apresentação dos processos que compõem o Circuito de Gestão da Educação em Goiás. Participam do curso os coordenadores regionais, diretores de núcleo pedagógico, assessores de gestão pedagógica, técnicos de apoio a gestão, superintendentes e gerentes da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

O projeto conta com R$ 8 milhões de investimento do Instituto Unibanco e com ações de monitoramento. A intenção é acompanhar e avaliar as ações implementadas pela Seduc para garantir a aprendizagem dentro do circuito, diminuir a desigualdade na Educação e a evasão escolar.

“Esse é o momento bastante caro e bastante relevante para a Educação, que é quando a gente se reúne e assume o compromisso de que estamos engajados em gerar mudanças que garantam que os jovens do estado de Goiás cheguem ao Ensino Médio, permaneçam na escola e aprendam cada vez mais”, avaliou a gerente de Implementação de Projetos do Unibanco, Maria Júlia Azevedo. 

Segundo ela, as metas estabelecidas visam garantir que os alunos da Rede Estadual de Ensino possam concluir a Educação Básica com o domínio de um conjunto de conteúdos que são imprescindíveis para todos os cidadãos. “Ter o domínio de algumas linguagens é essencial para usufruir a vida, usufruir do mundo que temos e transformá-lo”, observou.

Considerada a madrinha da Educação em Goiás, a primeira-dama e presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), Gracinha Caiado, reafirmou seu compromisso com a excelência na aprendizagem. “Não tenho dúvida do que a Educação representa para o País, para o progresso de um Estado. É uma bússola para o desenvolvimento e a igualdade. Tenho a certeza de que a Educação muda a vida, muda a história e tenho certeza de que Goiás está em boas mãos”, elogiou.