Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Sábado. 07/12/2019
Facebook Twitter Instagram

POLÍTICA

GOIÁS

Bancada goiana tenta viabilizar para Caiado R$ 1,2 bilhão em emendas

Emendas serão válidas para 2020

29/11/2019 às 14h30


POR Redação

facebook twitter whatsapp

Está sendo analisada no Congresso Nacional a Proposta de Lei Orçamentária para 2020. Um desafio para a bancada goiana é de aumentar as receitas para o estado. Segundo a coordenadora da bancada goiana na Câmara, deputada Flávia Morais (PDT), para o ano que vem estão assegurados R$ 242 milhões em emendas impositivas. No entanto, há um esforço para que sejam acrescentados recursos não impositivos e isso pode fazer com que o valor das emendas subam para R$ 1, 2 bilhão.

O deputado federal João Campos (PRB), em entrevista ao Hoje, explicou que há conversas com relatores e sub-relatores de processos na Câmara dos deputados. Campos aposta em um bom diálogo na tentativa de conseguir viabilizar mais recursos para o estado. Foram escolhidas 15 prioridades para o governo.

“A bancada elege as prioridades e passa a dialogar com sub-relatores de cada área, eles sendo convencidos de cada área pode aumentar no orçamento está previsto. Até lá podem ter situações que não fiquem da forma como pretendemos. Temos um diálogo muito sadio” destacou o parlamentar.

O deputado federal Rubens Otoni (PT), argumentou que as questões tratadas pela bancada goiana são suprapartidárias e que tem como objetivo trazer mais recursos para o estado. Durante discurso em evento em que foram entregues retroescavadeiras para prefeituras, o governador Ronaldo Caiado, elogiou a postura de Otoni, destacando que independente das divergências, o que vale é a atender à população.

“A bancada federal tem trabalhado com muita maturidade e isso vem de algum tempo. Eu sou testemunha desse esforço há várias legislaturas e vamos aperfeiçoando este trabalho. Hoje independentemente de partido político o que se pensa é nos benefícios para o estado de Goiás e com isso todo mundo ganha, os deputados indicam os benefícios paras os municípios que eles tem ligação e com isso o estado todo tem contribuição. Estamos animados com a possibilidade de avançarmos nos recursos federais e fazer com que os municípios goianos que estão muito sacrificados, e os municípios menores ficam dependentes das emendas impositivas dos deputados e estamos tentando ampliar”, declarou Otoni.