ÂPUBLI ANÁPOLIS
Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Sexta-feira. 27/05/2022
Facebook Twitter Instagram

GIRO ECONÔMICO | Ana Flávia Marinho

ECONOMIA

GIRO ECONÔMICO - 20 De Janeiro De 2020

20/01/2020 às 12h43


POR GIRO ECONÔMICO | Ana Flávia Marinho

facebook twitter whatsapp

Flamengo

O empresário Fábio Sodré inaugura na manhã de sábado, dia 1ª de fevereiro, a Escola Oficial do Flamengo em Goiânia, com a presença do ex-jogador do Flamengo Adílio (campeão mundial pelo clube). O espaço sediado no Goiânia Society (no Parque Amazônia) contará com aulas de futebol masculino e feminino, coordenadas e avaliadas por equipe técnica formada pelo Clube Regatas Flamengo.

 Empregos

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) avalia que a oferta de vagas temporárias para o final de 2019 foi a maior em seis anos. Segundo a CNC, foram contratados 91 mil trabalhadores temporários no fim de ano. O número é 4% maior do que o registrado em 2018 (87,5 mil). O Natal é a principal data comemorativa do varejo e movimenta R$ 35,9 bilhões em 2019. Desta forma, São Paulo (22,6 mil), Minas Gerais (10 mil), Rio de Janeiro (9,4 mil) e Rio Grande do Sul (7,6 mil) concentram mais da metade (54%) da oferta de vagas. Para atender a demanda do mercado de trabalho a startup Goowit, rede social que une desempregados e empresas utilizando tecnologias avançadas chega ao mercado para fazer o match entre empresas e desempregados. Ao todo, foi investido R$ 1,4 milhão no desenvolvimento de tecnologias e parcerias para compor a rede social, e a expectativa é que o Goowit atinja R$ 1 bilhão em faturamento até 2022.

 Hambúrguer

A rede de franquia tioBák e a estilista Lara Vaz, fundadora da marca de camisas QUIM, unirão mais uma vez moda e gastronomia. Em março deve sair da “chapa” uma nova coleção assinada por ela, que também assume como nova embaixadora da marca, e inspirada nos produtos vegetarianos da hamburgueria.

 Atividade econômica

O Índice de Atividade Econômica, do Banco Central (IBC-Br), que avalia a evolução da atividade econômica brasileira, apresentou alta de 0,18% em novembro de 2019, frente a outubro. Em relação a novembro de 2018, houve crescimento de 1,10%. Em 12 meses encerrados em novembro, o indicador teve aumento de 0,90%. O IBC-Br incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos.