Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Sexta-feira. 30/10/2020
Facebook Twitter Instagram

ESPORTE

CBF

CBF anuncia novas datas da Série D, e goianos se manifestam

A competição terá início em 6 de setembro, com a Fase Preliminar, e se estenderá até 7 de fevereiro de 2021

10/07/2020 às 11h00


POR Redação

facebook twitter whatsapp

Nesta quinta-feira (9), a CBF confirmou quando começará a Série D, com formato reduzido. A quarta divisão do Campeonato Brasileiro de 2020 era para ter começado em 2 ou 3 de maio, mas a pandemia do novo coronavírus fez com que o calendário fosse alterado. Agora, a CBF divulgou que o torneio terá início em 6 de setembro com a Fase Preliminar. No dia 20, começa a fase de grupos. A quarta divisão do Brasileirão se estende até 7 de fevereiro de 2021.

Passemos para o formato da Série D do Campeonato Brasileiro. Primeiramente, é disputada uma Fase Preliminar com um total de 16 equipes, e metade delas avança para a fase de grupos. São oito chaves com oito times em cada uma, totalizando 64 agremiações diferentes na competição. Os quatro melhores clubes de cada grupo avançam para a segunda etapa, com 32 integrantes, após confrontos de ida e volta. Na fase seguinte, tem início o mata-mata, passando então para as oitavas de final, as quartas, as semis e a grande decisão. As quatro equipes semifinalistas se garantem na próxima Série C.

Na atual Série D, três goianos marcam presença: o Crac, o Goianésia e o Goiânia. O presidente do Galo, Alexandre Godói, emitiu sua opinião acerca do novo calendário do campeonato. “As datas agradam, até mesmo porque não teria como fazer diferente. O que desagrada a gente um pouco é a demora em iniciar. Para nós só vai começar por volta do dia 20 de setembro, então é muito longe para iniciar. A preparação do Goiânia vai continuar a mesma coisa, o processo nosso vai continuar o mesmo. Nós vamos nos apresentar no dia 13, na segunda-feira, e já temos um amistoso marcado contra o Atlético, no dia 18. A preparação é a mesma: continuar trabalhando para conseguir o acesso”, analisou.

No lado do Crac, o presidente Roberto Silva se mostrou satisfeito com as datas, mas preocupado com o elenco. “Achei o calendário bom. Quanto à preparação, a gente não tem nada, não tem nenhum jogador contratado, tem que montar um novo elenco. Eu vou esperar a decisão da Receita para saber de onde vai vir a verba, se a Prefeitura vai poder ajudar ou não, para nós montarmos o time”, afirmou. O presidente do Goianésia, Marco Antônio Maia, foi contatado pelo O Hoje por meio de sua assessoria, mas não respondeu até o horário de fechamento desta matéria.

Crac, Goianésia e Goiânia estão no Grupo 5 da Série D, ao lado de Águia Negra, Operário-MT, União-MT, Vitória-ES e o vencedor de Real Noroeste x Aquidauanense na Fase Preliminar.