Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Segunda-feira. 26/10/2020
Facebook Twitter Instagram

PONTO & VÍRGULA | Marcelo Heleno

POLÍTICA

Coluna Ponto & Vírgula - 03 De Março De 2020

03/03/2020 às 10h19


POR PONTO & VÍRGULA | Marcelo Heleno

facebook twitter whatsapp

30 pré-candidatos no paredão

Lincoln Tejota abriu, no sábado, a temporada de adesões visando às eleições de outubro. É claro que o vice-governador não vai se candidatar, mas já acena para o seu grupo político. Em Goiânia, são três dezenas de nomes lançados em um processo que começa a se afunilar agora. Qualquer escolha partidária deve considerar as alianças e a possibilidade de coligação.

Íris, a esfinge 

O atual prefeito é o grande personagem da eleição. Levantamentos feitos em dezembro mostram que há dificuldades para Íris Rezende garantir a maioria. Mas não há candidato mais lembrado do que ele. Tarefa para o marketing. O mesmo marketing que terá tarefa para traçar o perfil do contraponto ao prefeito, que tem chance de vitória. Mas quem é esse contraponto? Pode ser Vanderlan Cardoso, Dra. Cristina, Vanderlan Cardoso, Elias Vaz ou um franco atirador.

Eleitor é esfinge

O comportamento do eleitor tem demonstrado o efeito onda. Mas é um eleitor que está disposto a testar sempre algo novo. Se os representantes da segurança foram a onda maior da eleição de 2018, não há garantia nenhuma de que vá se repetir em 2020.

Sem muita pesquisa

A previsão é de divulgação de poucas pesquisas de intenção de voto, por uma mudança na legislação que abre campo para questionamento. Os mais tradicionais daqui, o Grupom e o Serpes, não tem parceria nem firmada nem em vista para este ano.

No PSD

Apesar da lembrança, Vanderlan Crdoso deve anunciar nesta semana a nova filiação, mas sem muito ânimo para disputar de novo a prefeitura. Vanderlan avaliar estar bem no Senado. Está guardando forças pra quando outro Carnaval chegar.

 PSL pé no chão

O partido conta com a permanência de Lucas Kitão e a filiação do Sargento Novandir. Uma aposta é Amarildo Pereira Filho, irmão do deputado Humberto Teófilo. Outro nome bem cotado é Carlos Sulim, nome forte para a Câmara. Major Araújo é o nome para concorrer à prefeitura.

 Sem choque

Esfriou a vontade de expulsar a Enel de Goiás. Os projetos estão engavetados na Alego e há mais dúvidas do que certezas jurídicas sobre o processo de encampação. De Brasília, qualquer aceno em relação à cassação da concessão só quando agosto chegar.

 Unidos

O MDB assanhou uma onda de filiações para fortalecer a chapa de vereadores, mas quem está agregando mais valores é o DEM do governador Ronaldo Caiado, que deve perder Paulo Daher para o PMN, ganhando quatro parlamentares.

 Largada

Quinta-feira marca o início da janela partidária, quando vereadores podem trocar de partido sem perda de mandato por infidelidade. Metade dos 35 vereadores deve trocar de camisa.

Outra via

Deputado em primeiro mandato, Coronel Adailton (PP) aparece como opção para a disputa à prefeitura de Anápolis. Pode herdar insatisfações com possível polarização entre o atual prefeito Roberto Naves e o ex, Antônio Gomide.

Perdeu o tempo

Governo Bolsonaro demorou a se posicionar em relação ao motim do Ceará. Isso fortaleceu o movimento no Estado e assanhou gente em mais uma dezena de unidades. Como Moro disse, policiais não podem ser tratados como bandidos, mas a greve sempre será ilegal, enquanto a lei não for mudada. E não deve ser. No episódio, um senador, mesmo em ato condenável, foi baleado, sem que o governo emprestasse solidariedade.

 Saúde dá show

Por outro lado, o mesmo governo marca ponto em relação ao coronavírus. A operação de resgate de brasileiros na China, com quarentena em Anápolis, foi sucesso total. As medidas para diagnóstico e controle dos casos detectados no Brasil é coisa de primeiro mundo. Por fim, a codificação do vírus em menos de 48 horas é a cereja do bolo de ações integradas que se refletem em mais segurança sanitária para a população.

 Sem partido

 O Aliança Pelo Brasil não nasce a tempo de participar da eleição de outubro. São cerca de 300 mil assinaturas validadas, pouco mais da metade do número necessitado. A exigência de assinatura de eleitor não filiado para fazer a validação dificultou o trabalho. Isso vai valer para toda tentativa de formação de partido.

 Nação sem partido

Pelo mesmo motivo, a justiça eleitoral já negou neste ano registro para o Partido da Nação Corintiana. Pois é.

 Fato novo

O envolvimento do conselheiro Kennedy Trindade no suposto recebimento de dinheiro desviado de publicidade oficial é um marco na história das investigações feitas em Goiás.

 No fat

Grupo de obesos e ex-obesos programa mais um encontro para troca de experiências, sob o comando do cirurgião bariátrico,  Leonardo  Sebba. Será mais uma oportunidade para reforçar a importância da alimentação saudável e da prática de exercícios físicos.

Para um melhor aproveitamento, está programada a formação de grupos de 20 pessoas, com três encontros semanais. O primeiro será no sábado, dia 07, no Parque Vaca Brava.  Leonardo Sebba explica que outros profissionais ligados à área da saúde estarão compondo a equipe.

 De molho

Depois de um aviso do coração, prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha fez um pit stop forçado. Mesmo internado, continuou despachando. Continua como o mais lembrado na busca pela reeleição no segundo maior município de Goiás.

 Xadrez

Lívio Luciano trabalha forte nos bastidores, para compor chapas governistas para as eleições municipais.

 Dúvida

Há quem suspeite que o ex-governador Marconi Perillo vá permanecer quieto e calado durante o processo eleitoral.

 Por que?

O bom filho à casa retorna.