Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Sábado. 27/02/2021
Facebook Twitter Instagram

CIDADES

COVID-19

Prefeitura de Goiânia anuncia novas restrições para a capital

Novo decreto deve ser publicada ainda nesta segunda (22), mas só passa a vigorar a partir de quinta

22/02/2021 às 20h00


POR Redação

facebook twitter whatsapp

O prefeito de Goiânia Rogério Cruz (Republicanos) deve publicar, ainda nesta segunda-feira (22), um decreto contendo novas restrições ao comércio e demais estabelecimentos como forma de combate à proliferação do coronavírus. Entre as novas regras, está a definição de dias e horários para o funcionamento do comércio na região da rua 44, que passará a funcionar somente de quarta-feira a sábado, das 7h às 15h, e a proibição de eventos particulares, como casamentos e festas.

As medidas que constarão no decreto foram anunciadas no final desta tarde, em coletiva de imprensa, pelo secretário Municipal de Governo, Andrey Azeredo. De acordo com ele, o decreto vai determinar a redução da capacidade de funcionamento de shoppings, bares, restaurantes, barbearias, academias, escolas e proibição de eventos em salões de festa de condomínios horizontais e verticais.

O secretária adiantou que o decreto será publicado hoje mas passa a vigorar somente a partir de quinta-feira, dia 25, uma vez que o prefeito dará o prazo de 48h para que os estabelecimentos do município tomem ciência das novas medidas e se adequem.

Confira abaixo as novas restrições que serão implementadas em Goiânia a partir da próxima quinta:

  • Salões e barbearias deverão funcionar somente com 30% da capacidade máxima;
  • Bares e restaurantes deverão funcionar com 50% da capacidade máxima. Além disso, ficam proibidos todos os tipos de sonorização ambiente, seja ela ao vivo ou mecânica;
  • Ficam proibidos eventos particulares, como casamentos, festas, desfiles e etc., assim como o uso de salões de festa de condomínios verticais e horizontais;
  • O comércio da região da 44 passará a funcionar somente de quarta-feira a sábado, das 7h às 15h;
  • Escolas deverão funcionar somente com 30% da capacidade máxima;
  • Academias e áreas para prática de atividades esportivas em condomínios verticais e horizontais deverão ser de uso exclusivo de moradores e somente com 30% da capacidade;
  • Velórios poderão acontecer com a presença de até 10 pessoas – com exceção de mortes provocadas por covid-19;
  • Igrejas e demais templos religiosos deverão funcionar com 30% da capacidade. No entanto, os templos poderão aumentar o número de cultos e celebrações.

Quanto às medidas para o transporte coletivo, uma reunião entre o prefeito de Goiânia e os prefeitos dos municípios da Região Metropolitana ainda será realizada para definir o que será alterado.

Servidores

Como forma de contar a contaminação pelo coronavírus dentro dos órgãos da prefeitura, o decreto a ser publicado vai determinar uma redução no número de servidores municipais em regime presencial de trabalho. Segundo o documento, 50% dos servidores deverão atuar em regime remoto e os outros 50% em regime presencial. O regime será alternado a cada 14 dias.