Publi 286806
Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Sexta-feira. 01/03/2024
Facebook Twitter Instagram
COLUNISTAS

CIDADES

JUSTIÇA

Padrasto tem prisão prorrogada pela Justiça

Segundo a Polícia Civil, o objetivo é possibilitar que a investigação corra sem interferências

09/02/2024 às 14h30


POR Redação

facebook twitter whatsapp

O Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) prorrogou por mais 30 dias a prisão do padrasto do menino Pedro Lucas que está desaparecido há três meses em Rio Verde, no sudoeste de Goiás. Segundo a Polícia Civil, o objetivo é possibilitar que a investigação corra sem interferências.

A defesa de José Domingos, afirma que seu cliente "sempre negou o cometimento de quaisquer crimes contra seu enteado e colaborou com a investigação, apresentando-se ao delegado de polícia todas as vezes que foi intimado", disse o advogado Felipe Mendes.

José Domingos, de 22 anos, foi preso preventivamente no dia 8 de dezembro. Ele é apontado pela Polícia Civil como o principal suspeito do desaparecimento do enteado de 9 anos. Ele foi visto pela última vez em 1º de novembro do ano passado, em Rio Verde, no sudoeste de Goiás.