PUBLI PREF DE GOIÂNIA - TRABALHO E TRABALHO
Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Sábado. 15/08/2020
Facebook Twitter Instagram

CIDADES

GOIÁS

Goiás tem 79% de ocupação dos leitos de UTI para covid-19

Já os leitos de enfermaria exclusivos para covid-19 apresentam taxa de ocupação de 55%

30/07/2020 às 16h30


POR Redação

facebook twitter whatsapp

A plataforma estadual de verificação da pandemia aponta que Goiás tem 79% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para covid-19. O dado está disponível para consulta no site da Secretaria Estadual de Goiás.

As informações apresentadas no painel são auto declaradas pelas unidades de saúde em atendimento à Portaria nº 758 de 09 de abril de 2020 do Ministério da Saúde. Os dados levam em consideração o total geral hospitais públicos e privados. A última atualização foi feita às 8h07 desta quinta-feira (30/7).

Leitos de UTI para covid-19 tem taxa de 79% de ocupação, em Goiás

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, das 361 unidades de saúde, 120 (33.24%) ainda não atualizaram os dados e estão com mais de 24 horas em atraso. Entre elas estão: Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia, Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia, Pronto Socorro Infantil de Goiânia e Hospital Municipal de Valparaíso.

Em relação aos leitos de UTI no estado, há 1.190 no total, mas 888 já estão ocupados por pacientes, o que representa uma taxa de 74,62%. Quanto à enfermaria, há 5.842 no total, mas 3.123 já se encontram ocupados (53,46%).

Já os leitos específicos para covid-19, tanto de enfermaria, quanto de UTI, apresentam 55% e 79,56% de taxa de ocupação, respectivamente. Em UTI, há 685 no total, destes, há a ocupação de 545 pacientes suspeitos ou confirmados. Em enfermaria, de 1.389 leitos, 764 estão ocupados.

Os dados englobam unidades privadas, privadas conveniadas, pública municipal, pública estadual, entidades sem fins lucrativos conveniados e entidades sem fins lucrativos.

Mapa de leitos

O Projeto Mapa de Leitos foi desenvolvido pela Secretaria de Estado da Saúde baseado no conceito de Business Intelligence, partindo do princípio de integração de dados e padronização dos mesmos de acordo com as regras de negócio. Os gestores do Sistema Único de Saúde devem divulgar diariamente em seus sites oficiais o Mapa de Leitos de internação de todos os estabelecimentos de saúde sob sua gestão, informando os leitos disponíveis, ocupados, reserva técnica e bloqueados.

A finalidade do Mapa de Leitos é apresentar à comunidade, de forma transparente e em tempo real, a situação de todos os leitos SUS, Gerais e UTI nas unidades hospitalares da Secretaria de Estado da Saúde.