Publi queimada
Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Domingo. 14/07/2024
Facebook Twitter Instagram
COLUNISTAS

CIDADES

SEGURANÇA

Criminalidade em Goiás registra queda de até 97,6%

Além da diminuição nos índices de todas as modalidades criminosas pesquisadas, houve aumento na produtividade da polícia

09/07/2024 às 07h30


POR Redação

facebook twitter whatsapp

A criminalidade em Goiás registrou queda de até 97,6% entre os anos de 2018 e 2024, conforme balanço apresentado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO), na última segunda-feira (8/7), em Goiânia, com a presença do governador Ronaldo Caiado. Além da diminuição nos índices de todas as modalidades criminosas pesquisadas, houve aumento na produtividade da polícia. 

“De todas as áreas, a segurança pública é a que mais avançou no meu governo”, afirma o governador, que está em seu segundo mandato.

No caso do roubo de cargas, o número caiu de 248 casos no primeiro semestre de 2018 para 6 no mesmo período deste ano, uma queda de 97,6%. Na sequência estão: roubo de veículos, com queda de 93,7%; roubo a transeunte (88,5%); roubo a comércio (88,3%); e latrocínio, cujo índice caiu 84,7%. 

Em relação ao homicídio doloso, a redução foi de 57,2%. Mais da metade dos 246 municípios goianos, 128, não registraram nenhum assassinato em 2024. Os dados estão disponíveis no site segurança.go.gov.br

Para Caiado, o resultado é um reflexo direto da política de responsabilidade fiscal, que permite o pagamento em dia dos servidores, assim como a garantia de isonomia e evolução na carreira, além da compra de equipamentos e armamentos. 

“Já investimos mais de R$ 17 bilhões em segurança”, ressalta. Por isso, acredita que a corporação demonstra “motivação, garra e determinação para trabalhar”. “Cada vez mais, tenho que reconhecer a eficiência das nossas forças”, complementa.

Como exemplo de combate ao crime, o Governo de Goiás apresentou os resultados do policiamento realizado durante a Romaria do Divino Pai Eterno, em Trindade, durante a qual não houve registro de ocorrências de vulto. 

Já o vice-governador, Daniel Vilela, lembrou que, em 2018, o estado tinha média de mil veículos roubados por mês. “Com trabalho inteligente e competente, conseguimos diminuir isso e hoje os seguros de carro são mais baixos”, acrescentou.

CONTROLE REAL DA VIOLÊNCIA

À frente da apresentação dos dados, o titular da Secretaria de Segurança Pública, Renato Brum, enfatiza que o controle da violência é “algo real, efetivo e pleno”. Entre os pontos de destaque, ele detalha o trabalho contra os feminicídios, que caíram 37,5% no estado, na comparação entre o primeiro semestre deste ano e o mesmo período de 2023. 

“Nós praticamente triplicamos o acompanhamento das medidas protetivas. Um trabalho de prevenção muito bom que alcançou esse resultado”.

O combate a crimes em propriedades rurais também apresentou resposta positiva: -78,2% em roubo e -36,9% em furtos. A atuação envolve um trabalho inédito para cadastrar mais de 100 mil propriedades, efetuar prisões, recuperar bens furtados, entre outros. 

Comandante da Polícia Militar, coronel Marcelo Granja avalia o cenário como um avanço. “O governo realiza investimentos principalmente na parte de inteligência e na integração das polícias. Esse é o segredo do sucesso de Goiás”.

CONFIRA AS MAIORES REDUÇÕES DE CRIMINALIDADE EM GOIÁS

  • Roubo de Carga: -97,6%
  • Roubo de Veículos: -93,7%
  • Roubo a Transeunte: -88,5%
  • Roubo a Comércio: -88,3%
  • Latrocínio: -84,7%
  • Roubo em Propriedade Rural: -78,2%
  • Homicídio doloso: -57,2%
  • Lesão seguida de morte: -45,8%
  • Furto em Propriedade Rural: -36,9

* Fonte: SSP-GO (1º semestre 2018 / 1º semestre 2024)