PUBLICIDADE PREFEITURA DE GOIÂNIA
Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Segunda-feira. 14/10/2019
Facebook Twitter Instagram

CIDADES

TRANSPORTE PÚBLICO POR APLICATIVO

CityBus 2.0 e expande para mais 13 bairros de Goiânia

Parque Amazônia, Pedro Ludovico e Jardim América, entre outros setores, serão atendidos a partir do dia 20 de julho, após cinco meses de operação

11/07/2019 às 13h00


POR Redação

facebook twitter whatsapp

O setor Parque Amazônia e parte dos bairros Jardim Atlântico e Pedro Ludovico, entre outros em Goiânia, passarão a ser atendidos com a expansão do CityBus 2.0. O serviço também passa a contemplar na totalidade o Jardim América, setor Serrinha, Nova Suíça e Jardim Goiás, antes atendidos parcialmente, e também atravessa a BR-153, até a Unip e a Fasam, sendo ao todo mais 13 novos bairros inclusos na rota. Com a expansão, que começa a operar no dia 20 de julho, a nova área de atuação do CityBus 2.0 vai compreender 40,8 km² e alcançar aproximadamente 340 mil pessoas. No entanto, essa região pode concentrar muito mais pessoas circulando durante o dia, provenientes de outros locais da região metropolitana.

 

Este é um momento muito esperado pela população ainda não atendida pelo serviço, pelos clientes do serviço e também pela HP Transportes, que trabalhou junto com a Via, empresa de tecnologia parceira do CityBus 2.0, para entregar à Capital algo desejado e solicitado pela própria comunidade, por meio do aplicativo do serviço e redes sociais. “A população clamou pelo CityBus 2.0 em novos bairros e nós a atendemos antes mesmo do final previsto para a fase de testes, respondendo, assim, às demandas”, pontua a diretora executiva da HP Transportes, Indiara Ferreira.

 

A expansão e consolidação são justificadas pela crescente solicitação do serviço e vem ao encontro de uma demanda também identificada em pesquisa interna de opinião: 55% dos entrevistados ainda não tinham utilizado o serviço porque o CityBus 2.0 não atendia as suas regiões. E várias interações de clientes que já utilizam o serviço também destacaram a demanda pelo deslocamento para mais bairros.

 

Diretor de Transportes da HP Transportes, Hugo Santana acrescenta que a escolha da nova área de atuação se deu pela região que mais gerou solicitações de pessoas e que apresenta alta densidade demográfica. “Para concretizarmos a primeira expansão realizamos estudos e um detalhado planejamento para essa implementação. A área apresenta concentração populacional, com muitos edifícios, condomínios, faculdades”, justifica.

 

Visualização

 

O início da operação com expansão está marcada para iniciar no dia 20 de julho, mas, a partir desta quarta-feira, 10, os bairros da nova área de atuação já poderão ser visualizados por alguns clientes no aplicativo. Porém, a solicitação de viagem para esses locais somente estará disponível a partir do dia 20.

 

Crescimento

 

Desde o seu lançamento, em 11 de fevereiro, o serviço já registrou 38 mil clientes cadastrados nas plataformas iOS e Android, um crescimento total de 177%. Pesquisa interna realizada com os clientes do serviço indicou que 73% migrou de modos individuais de transporte. Outro ponto positivo é o índice de viagens agregadas, as viagens com mais de um passageiro. Essas corridas tiveram aumento de 56%, o que reforça a proposta inicial do serviço, que é a de incentivar as pessoas que fazem o uso do transporte individual a aderirem ao modo coletivo; contribuindo, assim, para a redução do número de carros em circulação na região onde o CityBus 2.0 opera. “Como a expansão vai contemplar a Unip e a Fasam, localizadas na BR 153, acreditamos que o volume de viagens agregadas aumente ainda mais”, acredita Santana.

 

Melhorias

 

Todos os miniônibus estão equipados com tomadas e carregadores de celular, além de três câmeras para garantir mais segurança aos clientes e motoristas. É possível tanto ao motorista quanto ao cliente denunciar qualquer ação suspeita, por meio do whatsapp: (62) 98591-8952. Em 150 dias de funcionamento, não foi registrada nenhuma ocorrência.

 

O tempo médio de atendimento da solicitação da viagem até o embarque está em 9,5 minutos. A Via, com mais de 70 implantações lançadas e em implantação em mais de 18 países, avalia como um sucesso a implantação do serviço em Goiânia. “Estamos muito satisfeitos com o desempenho do CityBus 2.0 e entusiasmados com a expansão da área de atuação. À medida que a demanda cresce continuamos a aprender mais sobre os passageiros e suas necessidades. Um exercício permanente de todos os que estão envolvidos com o CityBus 2.0 na busca constante pela melhoria do serviço e atendimento das necessidades do cliente”, avalia o co-fundador e CEO da Via, Daniel Ramot.

 

Resposta dos clientes

 

Desde a implantação, a área de Inteligência de Mercado da HP Transportes tem aproveitado feedbacks de clientes nas redes sociais e de motoristas para entender quais os pontos de melhoria do serviço. A própria funcionalidade do serviço tem sido uma grande dúvida, explica Santana. “Falar de transporte público coletivo sob demanda é um grande desafio. Por isso, nesses primeiros meses da fase de testes temos investido na divulgação de vídeos interativos nas redes sociais, e informações em panfletagens e diversos meios publicitários, para que a informação se espalhe por toda a região do centro expandido”.

 

Com a melhoria de rotas e aperfeiçoamento constante de possíveis falhas, a avaliação do serviço continua com nota de 4,9, numa escala de 1 a 5 estrelas. Dentre os itens mais bem avaliados estão a conduta dos motoristas, que permanece em primeiro lugar, seguido de conforto e limpeza dos miniônibus, rotas e paradas do trajeto. “Acreditamos que esta satisfação do cliente tem se revertido em indicação do serviço a amigos e parentes, o que também tem contribuído para o aumento da demanda”, conclui o diretor de transportes.

 

Contratações e treinamento

 

Para a expansão, a expressa fez contratações de novos motoristas no último mês. Os profissionais foram submetidos a uma rigorosa seleção para admissão e passaram por treinamento teórico e vivencial de 72 horas, incluindo condução veicular e com o aplicativo, além de atividades práticas de atendimento ao cliente e equipamentos embarcados. “O treinamento para operação do CityBus 2.0 envolve conteúdos como experiência do cliente e uso de tecnologias”, explica a gerente de Gestão de Pessoas da HP Transportes, Maiara Schwengber Corrêa.

 

Antes de iniciarem suas atividades, os motoristas participam ainda de uma jornada de inovação e de treinamento com foco na acessibilidade. “O objetivo é que eles empatizem com os clientes e suas necessidades, com o foco na melhoria e inovação do serviço. Os motoristas vivenciam ainda situações práticas das pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida, para que compreendam as necessidades de um atendimento adequado e inclusivo”, completa Maiara.

 

Bairros que passarão a ser atendidos com a Expansão:

 

Completo

 

Setor Central

Setor Universitário

Setor Sul

Setor Marista

Setor Bela Vista

Vila São João

Vila Maria José

Jardim Goiás

Setor Nova Vila

Setor Oeste

Setor Bueno

Alto da Glória

Jardim América

Parque Amazônia

Serrinha

Nova Suíça

Setor Areião

Conjunto Vila Isabel

Jardim da Luz

Vila Redenção

 

Parcial

 

Setor Pedro Ludovico

Vila Rosa

Jardim Atlântico

Vila Divino Pai Eterno

Setor dos Afonsos

Vila São Tomaz

Setor Coimbra

 

Citybus 2.0

 

No dia 11 de fevereiro, a HP Transportes Coletivos iniciou a operação de testes do CityBus 2.0 em 11 bairros do Centro Expandido e em julho consolida o serviço com a expansão para mais 13 bairros. Com base nos dados do IBGE, os cálculos revelam que a região total atendida pelo CityBus 2.0, passa a compreender 40,8 km2 e aproximadamente 340 mil pessoas terão acesso ao serviço. No entanto, essa região pode concentrar muito mais pessoas circulando durante o dia provenientes de outros locais da grande Goiânia.

 

O primeiro transporte coletivo por aplicativo de celular da América Latina surpreendeu os clientes da capital, que têm aderido ao projeto de mobilidade coletiva sustentável. Os miniônibus tem assentos confortáveis, ar condicionado, carregadores de tomada e USB para celulares, portas automatizadas e câmeras de segurança para monitoramento dos veículos, motoristas e clientes.

 

O Citybus 2.0 funciona de segunda-feira a sábado, das 6 às 23 horas, e percorre mais de 20 bairros, entre eles os Setores Central, Sul, Universitário, Oeste, setor Aeroporto, Marista, Bueno, Bela Vista, Serrinha, Pedro Ludovico, Nova Suíça, Jardim Goiás, Alto da Glória, Vila Redenção, Jardim América, Parque Amazônia, Jardim Atlântico e Vila Rosa. O cliente pode fazer a avaliação pelo próprio aplicativo ao final da viagem ou pelas redes sociais “CITYBUSBR” no Facebook, Instagram e Twitter.  O download do APP está disponível nos smartphones para os sistemas Android e iOS. Após o cadastro, o cliente poderá solicitar a sua viagem e se deslocar para o ponto virtual indicado no aplicativo, onde fará o embarque para utilizar o serviço.