Logomarca
Nublado
º
min º max º
CapaJornal
Versão Impressa Leia Agora
Segunda-feira. 15/08/2022
Facebook Twitter Instagram

BRASIL

JUSTIÇA

Milton Ribeiro deixa a sede da PF em São Paulo após habeas corpus

Milton Ribeiro passou a noite na sede da PF na capital paulista, e tinha audiência de custódia marcada para esta tarde. Com a soltura, porém, a audiência foi suspensa

24/06/2022 às 09h30


POR Redação

facebook twitter whatsapp

O ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, preso desde a quarta-feira (22) em uma operação da Polícia Federal (PF) deixou o prédio da PF onde estava detido em São Paulo, nesta quinta-feira (23).

O desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, decidiu nesta quinta pela cassação da prisão preventiva do ex-ministro.
“Ante o exposto, defiro a liminar, se por outro motivo o paciente Milton Ribeiro não estiver segregado, para cassar a sua prisão preventiva, até o julgamento de mérito pelo colegiado da Terceira Turma deste TRF da 1ª. Região”, diz a decisão.

Milton Ribeiro passou a noite na sede da PF na capital paulista, e tinha audiência de custódia marcada para esta tarde. Com a soltura, porém, a audiência foi suspensa.

Foram presos, além de Milton Ribeiro, os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, o advogado e ex-assessor do MEC Luciano de Freitas Musse e o ex-assessor da Prefeitura de Goiânia Helder Bartolomeu.